Duo Siqueira Lima

O Duo Siqueira Lima é formado pela uruguaia Cecilia Siqueira e pelo mineiro Fernando de Lima. Juntos desde 2002 eles já são referência internacional na formação de duo de violões, com atuações marcantes em grandes festivais, importantes teatros e programas de televisão. A crítica
sempre ressalta sua musicalidade, técnica, sincronismo absoluto e, além disto, o carisma que emanam em suas performances.

 

 

O crítico do diário americano Star-Telegram escreveu: “O duo toca com virtuosismo, estilo
e elegância. Tudo foi interpretado de forma imaculada. Mas havia alguma coisa que deixava o concerto ainda mais envolvente, e fazia com que nos
sentíssemos em casa”. 

O primeiro encontro entre Fernando e Cecilia foi marcado por um acontecimento histórico em suas carreiras. Ocorreu no concurso internacional de violão que se realizou no ano de 2001 em Caxias do Sul (Brasil). Entre todos os participantes, que vinham de vários paises, eles dividiram o primeiro lugar. Este fato foi de total importância para a formação do duo Siqueira Lima e para o início da carreira internacional.  Seu mais recente álbum discográfico Um a Um (2010), foi lançado na Europa e nos Estados Unidos pelo aclamado selo belga GHA Records, com um repertório integralmente formado por música brasileira, com arranjos inéditos criados pelo próprio duo e com obras compostas e dedicadas especialmente a eles. O CD teve o lançamento no “III Festival Internacional de Violão de Paris” e vem sendo elogiado por revistas especializadas, como a “Guitare Classique” (frança), “Classical guitar” (Inglaterra) e “il Fronimo” (Itália).

 O segundo CD “Lado a Lado” -The Sound of Brazil (2006), revelou a intimidade do Duo com a música brasileira e abriu as portas para um universo musical mais amplo, além da música clássica. Atualmente eles são solicitados tanto em séries de música de câmara como em festivais de Jazz ou música popular. Apresentam-se constantemente na Europa, Estados Unidos, América do Sul e recentemente regressaram de sua primeira viagem à África do Sul. Suas turnês pela Europa já se estendem por quinze países do continente e inclui concertos em eminentes teatros e festivais, como o Festival Internacional de Guitare de Paris (França), Palácio Kongresowa (Varsóvia-Polônia); International Musical Festival (Kaluga-Rússia); Jazz Festival (São Petersburgo-Rússia), Brest InternationalMusical Festival (Brest-Bielorússia), entre outros.

 

Com freqüência são solicitados a se apresentarem com orquestras sinfônicas, como a Orquestra Metropolitana de São Paulo e a Orquestra de Câmara da Universidade de São Paulo. Também ministram Workshops e Master Classes em diversas instituições e festivais de música pelo mundo, como no Conservatoire Royal de Liège (Liège – Belgica), XIV Wiosenne Koncerty Gitarowe (Szczecin– Polônia), University of Florida (Gainesville, Flórida – USA), SMU Meadows School of Arts (Fort Worth, Texas – USA), Festival de Música do Pará ( Belém – Brasil), Conservatório Dramático e Musical de Tatuí (Tatuí, São Paulo – Brasil), Conservatorio y Escuela de Música de Irún (Irún – Espanha) entre outros.

 É importante citar o projeto realizado ao lado do grande maestro e clarinetista brasileiro Paulo Moura, quando realizaram uma releitura sobre obras de Radamés Gnattali e Astor Piazzolla.

 

REALIZAÇÃO

sesc                                    dnarte